segunda-feira, 15 de maio de 2017

CARA GENTE BRANCA [Papo de Cinema]



Escrevi para o Papo de Cinema sobre a 1ª temporada desse seriado que é baseado num filme homônimo de 2014, a crítica completa pode ser lida aqui.

"Pois sim, amada gente pálida, Cara Gente Branca é uma comédia. E nenhum demérito deve se seguir a essa constatação. Algumas das críticas e discursos mais efetivos em prol de uma causa se utilizam do riso, que apesar da própria definição, é algo sério e de difícil construção..."







terça-feira, 9 de maio de 2017

UM COMENTÁRIO SOBRE ROGER DEAKINS E DENIS VILLENEUVE


Foi divulgado ontem o trailer de Blade Runner 2049, que é dirigido por Denis Villeneuve, um dos novos cineastas que mais admiro. O filme traz muita coisa pra comentar, mas, como sempre, prefiro esperar assisti-lo para falar sobre qualquer coisa com aprofundamento. Queria colocar aqui uma obervação para a qual gostaria que voltassem a sua atenção quando em contato com o filme, e que já pode ser notado pelo trailer, que é os resultados da parceria entre o diretor de fotografia Roger Deakins (veterano da área) e Villeneuve. 

Através dos anos, Deakins se tornou especialista em uma luz difusa e, curiosamente, de grandes contrastes, o que casa perfeitamente com o sub-gênero que gosto de chamar de neonoir - na minha crítica de Sicario, por exemplo, aponto como Deakins e Villeneuve se mantêm fiéis aos alicerces do noir, ao mesmo tempo em que atualizam os seus conceitos para o nosso tempo, incluindo subversões de arquétipos que podem soar ultrapassados, como a femme fatale, que lá surge como um homme fatale. A fotografia sendo um dos elementos mais característicos do movimento, torna-se curioso observar como Deakins e Villeneuve vêm trabalhando para imprimi-lo nos dias de hoje, quando, talvez, sombras alongadas e silhuetas muito marcadas seriam vistos como recursos farsescos demais. Trata-se então de atualização da linguagem de um gênero que marcou época, e acho que isso é o que torna isso tudo tão curioso.

Para exemplificar melhor pra quem pode não conhece, aqui vão algumas imagens marcantes que definem bem a fotografia do noir:

quinta-feira, 27 de abril de 2017

TODOS OS GOVERNOS MENTEM [Papo de Cinema]


Escrevi para o Papo de Cinema sobre este documentário, que aborda questões de extrema relevância para a nossa atualidade. A crítica faz parte da cobertura do festival É Tudo Verdade. Só clicar aqui.

"...se um noticiário tem que falar sobre esse ou aquele ramo, o mesmo não pode ser financiado por corporações que atuam nesses ramos. Então, reside no jornalismo independente a esperança de transparência entre a realidade e a população submetida a ela."



NO EXÍLIO [Papo de Cinema]


Escrevi para o Papo de Cinema sobre esse documentário, que faz parte da programação do festival é Tudo Verdade, só clicar aqui.

"...No Exílio termina deixando a ideia de que falou de algo muito interessante. O problema, claro, é encontrar a paciência necessária para vencer as suas duas horas de duração e descobrir o quê."